colecções




colecção charters de almeida

O escultor Charters de Almeida é descendente da antiga família dos “Almeidas”, condes de Abrantes. Sobretudo a partir de 2005, o escultor desenvolveu com a cidade uma relação afetiva muito forte, e decidiu que Abrantes iria ser a guardiã da sua obra. Deste modo, em 2006, assinou com a CMA um protocolo de doação de uma parte significativa da sua obra. Este protocolo foi reforçado, em 2011, com uma nova doação.
A coleção doada permite desenhar o percurso artístico do escultor que está representado em museus, fundações e coleções particulares em Portugal e noutros países da Europa, nos USA, no Brasil, no Canadá e no Japão.
Tem trabalhos de grande escala em Portugal, Bélgica, USA e China.
Esse seu legado faz parte do acervo do MIAA e será instalado no futuro museu.