colecções




colecção estrada

O acervo, inventariado em 2008, é constituído por 4.238 peças reunidas por aquisição a privados ou em leilões, sem proveniência arqueológica detalhadamente documentada. Possui núcleos especialmente importantes para o Calcolítico, a Idade do Bronze final, o período Orientalizante, o período Clássico – Grécia e Roma, o período Paleocristão. Inclui ainda importantes núcleos pré-clássicos, da Mesopotâmia, Egipto e China.

Trata-se de um acervo de relevância nacional e internacional pela qualidade e quantidade dos objetos que o integram. A merecer destaque estão os seguintes núcleos, por serem dos mais importantes a nível nacional e mesmo internacional: armaria ibérica da Idade do Ferro; ídolos ibéricos da Idade do Bronze; vasos gregos; vidraria romana; fivelas visigóticas e ourivesaria antiga.