edifício




origens e fundação


Há notícias de que um primeiro e mais antigo convento dominicano foi fundado, ainda no século XV (1472), nos arredores de Abrantes, por iniciativa de D. Lopo de Almeida, 1º Conde de Abrantes, mas a insalubridade do local motivou o seu abandono, anos depois, e a transferência da comunidade para uma nova construção, junto ao centro urbano.

Esse novo Convento de S. Domingos, que se tornaria um dos complexos edificados religiosos mais importantes de Abrantes, foi mandado construir por iniciativa da coroa, pelos anos de 1509-17, e sofreu obras de remodelação em 1542-47, dirigidas por Pêro Fernandes, que lhe conferiram o interessante carácter classicizante que conserva até aos dias de hoje.

O convento contou com o alto patrocínio do Infante D. Fernando, filho de D. Manuel, que se faria sepultar, com sua mulher, D. Guiomar Coutinho, na capela-mor da igreja.